28
Mai 04
florais.jpg São cada vez mais os blogs por onde passo e onde leio “desabafos” sobre estados depressivos, cansaço “fora do normal”, desinteresse pela vida e pelo que nos rodeia... e outros relatos mais ou menos desesperados.

Por ter passado, recentemente, por uma situação bastante grave e, por isso mesmo perceber até onde é que se pode chegar quando se entra numa fase conturbada, decidi finalmente abordar um tema que já tenho discutido com algumas pessoas em particular: as essências florais.


Existem, no mundo cerca de 89 sistemas florais que reúnem, no total, cerca de 10 mil essências. Em Portugal são comercializados apenas três sistemas: Florais de Bach, Florais de Saint Germain e Australian Bush Essences.


Para evitar que o texto se tornasse demasiado longo resolvi relatar apenas a minha experiência pessoal, deixando as explicações técnicas e todas as informações aqui e aqui. A primeira vez que tive contacto com os florais foi há cerca de dois anos, quando a minha terapeuta regressou do Brasil. De início, e porque estava a passar por um relacionamento muito conturbado, tomei o Coração, de forma a conseguir lidar e ultrapassar as minhas crises de ciúmes e aumentar a minha auto-estima. Depois ainda consegui passar para o Confiança mas, foi nessa altura, que entrei numa gravíssima depressão. Aí passei para o SOS (que tomei durante 3 meses) mas que foi essencial na minha recuperação.


Aliando a medicina convencional e as terapias alternativas (o Reiki e os Florais – SOS, Depressão, Coragem e Harmonia) consegui uma recuperação fantástica, levando mesmo o meu psiquiatra (o melhor médico do mundo) a admitir que se não fossem essas terapias, nunca teria alcançado tão rapidamente esta estabilidade e mesmo vontade de continuar a lutar (talvez por isso, quando abri a minha loja, esses tenham sidos dos primeiros produtos a serem comercializados lá).


Se, depois de consultarem as páginas que aqui deixei, considerarem que os Florais poderão servir para vos ajudar, procurem um Terapeuta Floral ou ajuda especializada numa ervanária (também me podem contactar através de e-mail). Apesar de serem de venda livre não assumam a responsabilidade de escolher o floral que consideram mais “adequado” é que, o mais provável, é não verem resultado nenhum. A título de exemplo fiquem com esta noção: lá por não conseguir dormir, não quer dizer que o floral mais aconselhado seja o Sono. A dificuldade em conseguir adormecer ou ter um sono nada reparador pode dever-se a várias situações: Stress, Depressão, Menopausa, etc.


A Terapia Floral pode ser aplicada também nos animais e nas plantas.

publicado por catarina às 23:28

;) bjs
catarina a 29 de Maio de 2004 às 22:04

Querida Catarina, Obrigada pela tua simpatia, vou enviar-te um e-mail... Beijinhos
Maria a 29 de Maio de 2004 às 12:55

KooKa: não precisas de agradecer, sabes que sempre que posso, tento ajudar. Só tenho pena de não poder dar (gratuitamente) os Florais, tal como faço com as consultas. Beijinhos grandes.
catarina a 29 de Maio de 2004 às 01:36

Sei k já o fiz antes, mas agora k falas nos Florais, deixa-me agradecer-te (novamente) pela orientação k m deste.
Sabes k ajudou =)
^KooKa^ a 29 de Maio de 2004 às 01:24

Maria: não há curas milagrosas mas posso garantir-te que os florais bem orientados podem ser uma grande ajuda. É preciso também ter vontade de seguir em frente e de deitar fora "aquilo ou aqueles" que nos fazem mal, por muito díficil que seja abandonar determinadas situações. Se quiseres podes mandar-me um mail para ccatarinan@sapo.pt para eu te poder ajudar melhor. Beijos e força. ;)
catarina a 29 de Maio de 2004 às 01:01

Para a tristeza, e para a dor da alma, existe algo para tomar?? preciso...
Maria a 29 de Maio de 2004 às 00:47

Maio 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
15

17
19
20
22

23
24
25
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO